Dermatoses alérgicas

Urticária e angioedema

São comuns na clínica pediátrica, sendo causas comuns de consultas no Pronto Atendimento.

A urticária pode ser aguda ou crônica e ter diversas causas, mostrando mais uma vez a importância da consulta com especialista. Ela é caracterizada por uma erupção cutânea muito pruriginosa ( com muita coceira) e podem acometer qualquer parte do corpo.

O angioedema é uma edema ( inchaço) que compromete camadas mais profundas da pele e pode persistir por dias. É comum sua ocorrências em face, pescoço e mãos, porém pode ocorrer em qualquer local do corpo.

O diagnóstico deve envolver uma história clínica completa e exames complementares dependendo do quadro clínico.

O tratamento deve ser avaliado individualmente.

 

Dermatite Atópica

É uma doença de caráter inflamatório, crônica e recidivante. Clinicamente é caracterizada por prurido ( coceira) intenso e por ter distribuição variável de acordo com a idade do paciente. Apresenta caráter hereditário, chegando a 68% em pacientes filhos de pais com essa doença.

O diagnóstico é essencialmente clínico e considera achados da anamnese e característica da lesão ( aspecto da lesão, distribuição e presença de prurido).

O tratamento envolve educação dos pais e paciente com relação a cronicidade da doença e seu caráter recidivante, além da remoção de possíveis fatores desencadeantes e ao tratamento com medicamentos.

 

Dermatite de contato

É uma das doenças cutâneas mais comuns. É mais frequente em adolescentes e adultos, porém pode acontecer em qualquer faixa etária. Ela pode ser irritativa ( ex: dermatite de fraldas) e alérgica.

É caracterizada por eritema ( áreas avermelhadas), edema ( inchaço), vesículas ( bolhinhas com água), além de crostas e espessamento da pele e xerose ( pele seca)

O diagnóstico é baseado na história clínica podendo ou não necessitar de exames complementares. O tratamento deve ser avaliado conforme as causas da dermatite.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.