Imunodeficiências

Embora sejam consideradas raras, estão cada vez mais sendo reconhecidas na prática pediátrica. Sua real prevalência é desconhecida e varia muito entre os países. Contudo, como a maioria das imunodeficiências primárias (IDP) são congênitas, as crianças são os pacientes predominantes neste grupo de doenças.

As IDP são doenças hereditárias que tem como característica comum a anormalidade dos mecanismos de defesa do hospedeiro, o que gera grande suscetibilidade às infecções de repetição.
Sua apresentação clínica é muito ampla e podem variar desde pacientes assintomáticos até pacientes com quadros graves que se não diagnosticados e tratados prontamente podem evoluir para óbito.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.